Conceito

História de Lumiar

O Lumiar foi criado em 2 de Abril de 1266 (cf. D. Rodrigo da Cunha, Historiador, Ecl. Cidade de Lisboa, 1642, pág. 175), dado o seu crescimento em importância e população.

Em 1312, D. Dinis efectuou a partilha dos bens do Conde de Barcelos, ficando para D. Afonso Sanches, seu filho bastardo e genro do Conde, uma quinta e casa de Campo no Lumiar, a que se passou a chamar Paços do Infante D. Afonso Sanches. No reinado de D. Afonso IV, esta residência nobre tomou a designação de Paço do Lumiar, que ainda hoje se mantém e constitui um importante núcleo histórico da freguesia.

No inicio do séc. XVIII, era definido o Lumiar, como ?um sítio de nobres quintas, olivais e vinhas?, sendo os principais frutos da terra o vinho, trigo, cevada e o azeite.

Em meados do séc. XIX, realizavam-se no Lumiar três feiras anuais (Fevereiro, Junho e Agosto), todas muito concorridas, especialmente a de Santa Brígida, em que havia romaria e benção do gado.

No séc. XX, assiste-se na freguesia a um forte aumento populacional ? 2.840 habitantes em 1900 para mais de 30.000 em 2000, tendo a antiga aldeia perdido, nas últimas décadas, quase definitivamente as suas características com os diversos parques habitacionais, tendo agora, como grande desafio o empreendimento do Alto do Lumiar, o maior projecto de urbanização de Lisboa, com capacidade para mais de 50.000 habitantes.

Comércio e Restauração

Lisboa está e continua cada vez mais na moda e o Lumiar é muito mais que uma freguesia lisboeta: é uma imensidão de paisagens, contrastes, lojas, restaurantes, bares e serviços à disposição de todos: público, visitantes, turistas e residentes. O povo lisboeta é, reconhecidamente, acolhedor e bom anfitrião. Aqui, todos são sempre bem recebidos pela simpatia experiente dos que «amam» a cidade.

Roupa, acessórios, lembranças, residências, produtos gourmet, tecidos, calçado, flores, artigos escolares, livros, decoração, galerias, saúde e, sobretudo, uma imensa oferta gastronómica com qualidade: no Lumiar há de tudo o que mais se deseja e difícil será não querer voltar - todos os dias.

Conceito

Durante 5 dias, os restaurantes da freguesia do Lumiar que participam nesta iniciativa, irão oferecer ao público português e turistas, menus compostos pelos melhores pratos que cada restaurante tem para oferecer.

O À La Carte pretende proporcionar uma abertura para o melhor da gastronomia de cada freguesia, assim como dar a conhecer os serviços e o ambiente vivido nesta freguesia lisboeta.

Mecânica do Evento

Durante 5 dias, os restaurantes aderentes de cada freguesia irão oferecer ao público português e a turistas menus compostos pelos melhores pratos que cada restaurante tem para oferecer. Assim, os restaurantes aderentes poderão escolher qual a categoria onde se inserem (preço por Menu), segundo as 3 opções impostas:

- Menu 1) <10 euros

- Menu 2) 10 a 20 euros

- Menu 3) > 20 euros